segunda-feira, 17 de maio de 2010

Botox e Henna

Clamoroso acontecimento na semana passada nos EUA foi a condenação do laboratório fabricante do Botox a pagar uma indenização milionária (15 milhões de dólares) a uma médica ginecologista submetida a tratamento com a toxina.
A médica, diretora clínica de um hospital de Oklahoma, o Lakeside Women's Hospital, tinha as famosas ruguinhas e pés de galinha e decidiu submeter-se ao tratamento. A médica, em seguida, passou a ter enfraquecimento da musculatura esquelética, desenvolvendo quadro clínico compatível com botulismo, o que a impediu de exercitar sua profissão. Embora o parecer do tribunal fosse favorável ao laboratório, a condenação se deu por negligência e indicação "off label" do medicamento como se o mesmo fosse inóquo.
Para alguns, a sentença foi uma questão administrativa e não clínica. Porém quando alguns indicam Botox para depressão, me faz pensar duas vezes.

E nos Emirados Árabes um estudo epidemiológico sugeriu que a elevada incidência de leucemia (LMA e LA) em mulheres naquele país, possa ser devida ao uso frequente de henna (e outros corantes sintéticos) e a reduzida exposição ao sol com deficiência de vitamina D. Os autores sugerem mais estudos neste sentido. Para quem quiser ler mais:

Hassan IB, Islam SI, Alizadeh H, Kristensen J, Kambal A, Sonday S, Bernseen RM.
Acute leukemia among the adult population of United Arab Emirates: an epidemiological study.
Leuk Lymphoma. 2009 Jul;50(7):1138-47.

2 comentários:

Silvia D. Schiros disse...

Sandra, mas essa henna é natural, orgânica ou tem aditivos fortes?

Eu já usei henna algumas vezes, mas procuro usar alguma opção orgânica. Qual o componente que faz mal?

Sandra Goraieb disse...

Sandra Goraieb disse...
Silvia, a henna(Lawsonia) possui ação tóxica direta sobre hemáceas ( podendo provocar anemia hemolítica), além de ser nefrotóxica. Estas características independem dela ser natural e orgânica, são uma propriedade da planta.
Nas hennas ainda temos as parafenilenediaminas a serem consideradas em termos de toxicidade.
No entanto é necessário recordar que no Oriente Médio a henna vem usada diretamente sobre a pele sob a forma de tatuagens.
Abração